Você sofre com a quebra dos fios de cabelo? Além da queda, essa é uma das principais preocupações, especialmente porque esse processo danifica o cabelo e deixa com um visual desproporcional.

Muitas vezes, é perceptível a percepção de cabelos que estão passando por esse problema. Eles ficam mais armados, ressecados, com as pontas ásperas e aspecto de debilitado. Entenda melhor sobre esse problema.

 

Aprenda a diferenciar quebra de queda de cabelo

É extremamente comum, existir uma confusão entre a queda de cabelo, com a quebra. Apesar de, normalmente, ambos ocorrerem ao mesmo tempo, são causados por problemas totalmente opostos.

A queda de cabelo ocorre por situações que acometem o couro cabeludo. Falta de vitaminas, doenças como a alopecia, estresse, excesso de oleosidade, entre outros, são alguns dos fatores que levam a essa condição. Quando os fios caem, eles saem com a raiz  e o volume fica uniforme.

Em contrapartida, a quebra dos fios ocorre no comprimento do cabelo. Quando esse é o cenário, é fácil identificar também. Além dos fios estarem cortados, normalmente com o sinal de rompimento - um pontinho esbranquiçado, denominado de Trichorrhexis Nodosa, que indica a quebra capilar.

Outro ponto que demonstra o problema é claro: sinta como está o volume da raiz. Depois, junte os fios na ponta. Se a raiz estiver mais cheia e as pontas com pouco cabelo, então você está passando por fio de cabelo quebrado, você está passando pela quebra dos fios de cabelo.

 

Quebra dos fios de cabelo: porque isso ocorre?

Agora que você entendeu a diferença entre queda e quebra de cabelo, é preciso compreender o que pode estar por trás dessa situação desagradável. Assim, você pode identificar o causador desse transtorno.

Hábitos de lavagem errados

Se você usa muito shampoo e aplica ele diretamente no cabelo, pode ser um dos causadores desse problema. O recomendado é diluir o produto na água e passar apenas na raiz, massageando suavemente. Nada de esfregar o cabelo com ele.

Além disso, água muito quente e secar o cabelo com toalha, friccionando o cabelo no tecido, também são grandes vilões para queda. Isso porque o banho com alta temperatura, abre o folículo capilar, deixando-o mais exposto. E o atrito com a toalha, acaba facilitando a quebra.

Escolha errada de escova para o seu tipo de cabelo

Cada tipo de cabelo tem a sua necessidade. Alguns são lisos, outros crespos. Os fios podem ser mais finos, ou mais encorpados. Logo, cada um tem sua especificidade e precisa de uma escova adequada. 

Além disso, o jeito de pentear também pode fazer com que seu cabelo se rompa e comece a quebrar. 

Secadores, chapinhas e afins

O calor excessivo causado por esses utensílios, deixam os fios frágeis e suscetíveis a diversos problemas, principalmente a quebra. Isso porque, abrem o folículo capilar e retira toda hidratação e umidade natural.

Excesso de química:

Quem nunca fez algo no cabelo que se arrependeu, que atire a primeira pedra. Quase todas as pessoas já aplicaram alguma química - tintura, progressiva e descoloração e por aí vai. 

Esses produtos possuem substâncias abrasivas e que causam um efeito de solvente, tirando toda a integridade dos fios. Com o tempo, elas começam a modificar sua estrutura, causando as temidas quedas de cabelo e, até, cortes químicos - que é uma quebra muito mais acentuada e de difícil reversão. 

Prender muito o cabelo - especialmente com ele molhado

Usar o cabelo preso por muito tempo e com muita força, começa a arrebentar as estruturas. Ainda mais quando é utilizado elástico incorreto - o melhor tipo é aquele mais largo, pois, ele consegue “abraçar” mais os fios, diminuindo o risco de quebra.

Outro inimigo da saúde capilar, é ter a mania de prender o cabelo com ele molhado. Esse hábito facilita o rompimento e enfraquece toda a estrutura. Fora isso, essa ação ainda contribui para que o couro cabeludo fique úmido - favorecendo a caspa.

 

E como evitar a quebra dos fios de cabelo?

Exceto o corte químico - que é um processo impossível de recuperar, é preciso esperar os fios crescerem - a quebra do cabelo pode ser evitada com mudanças simples nos hábitos. Algumas das dicas são:

  • Opte por lavar os cabelos em água morna;
  • Ao secar com toalha, apenas pressione ela contra os fios, nunca esfregue. Opte pelas de microfibra, absorvem mais facilmente a água;
  • Evite o uso constante da chapinha e secador;
  • Quando for realizar algum procedimento químico, pergunte ao cabeleireiro algumas técnicas para proteger o máximo possível a estrutura.
  • Utilize a escova certa para os seus fios, sempre penteando na direção certa - do meio para as pontas e depois da raiz para baixo;
  • Mantenha uma rotina de hidratação e nutrição dos fios, mantendo-os protegidos das agressões diárias.

A alimentação balanceada e nutrientes também são excelentes aliados para combater esse problema. Afinal, a saúde capilar começa, principalmente, de dentro para fora. São esses nutrientes que vão dar a integridade e força para os fios. Mas, sabia que a suplementação também é o seu maior aliado?

 

Qual o melhor suplemento para quebra de cabelo?

Os suplementos vitamínicos se mostram muito eficazes na recuperação, proteção e volume dos fios. Isso porque, a escolha de seus nutrientes é feita para suprir as necessidades exatas do cabelo, garantindo saúde e vitalidade.

Lembrando que não adianta investir em produtos e tratamentos caríssimos para recuperar. Eles vão apenas maquiar o problema e o melhor tratamento para o cabelo é sempre de dentro para fora. Pensando nisso, desenvolvemos o Belt Hair Nail & Skin. Ele é um multivitamínico, rico em Biotina (vitamina B7) e Vitamina C, as principais vitaminas que atuam na saúde de pele, cabelo e unhas.

A Vitamina C é um poderoso antioxidante, protegendo de danos causados pela oxidação e ajuda a produzir colágeno - fundamental para essas estruturas. Já a biotina, atua diretamente na manutenção da vitalidade e estrutura do cabelo.

O que está esperando para conhecer nosso suplemento vitamínico e garantir que seu cabelo tenha a beleza e saúde que merece?