A gastroplastia - também conhecida como a cirurgia da redução de estômago - é o último recurso de quem precisa reduzir o seu IMC. Especialmente quando o caso é de obesidade mórbida! Entretanto, ela é um procedimento extremamente invasivo, que muda a rotina e hábitos de vida do paciente para o resto de seus dias. 

E, a principal mudança que é preciso se ter à risca, é referente a dieta. A alimentação pós-cirúrgica bariátrica e, mesmo após esse período, é a chave para o sucesso do procedimento e também do paciente!

Quais são os principais cuidados com a dieta pós bariátrica?

Antes de falarmos sobre o tema, é fundamental reforçar que a reeducação alimentar se inicia no pré-operatório da cirurgia. Por isso, além dos cirurgiões, a pessoa também é acompanhada por uma equipe composta por nutricionista, psicólogo e psiquiatra.

Além de ensinar o tipo de dieta que vai ser necessário seguir neste período de preparação e, também no pós-operatório e meses seguintes, é preciso reaprender a relacionar com a comida.

Afinal, não é apenas o estômago que está acostumado com a quantidade exacerbada de alimentos nada saudáveis. O cérebro também precisa ser reeducado, caso contrário, as compulsões podem acontecer e todo o sacrifício vai por água abaixo.

 Por esse motivo, é fundamental que o paciente se dedique e siga à risca todas as recomendações da equipe multidisciplinar. E, realmente, se esforce nessa fase de desconstrução e descoberta da nova jornada de sua vida!

Agora, vamos ao ponto focal do nosso material! A seguir, preparamos algumas dicas de alimentação pós-cirurgia bariátrica que você precisa conhecer. Vamos lá?

1 - Tempo médio de dieta pós-bariátrica

Depois da cirurgia bariátrica, a recuperação é um processo longo e gradativo. Especialmente quando o assunto é alimentação! Normalmente, a dieta é bem restrita nos primeiros 3 meses após o procedimento - obviamente que cada caso varia pela evolução do paciente e avaliação médica.

Nesse período, a alimentação é dividida em duas fases distintas: a alimentação 100% líquida e a pastosa. A seguir, falaremos mais sobre cada uma delas e daremos mais detalhes de como seguir a dieta. 

2 - Alimentação líquida: o que é e como deve ser feita?

Como o próprio nome já sugere, é uma dieta feita apenas por líquidos. Ela é feita até meados de 2 semanas após a realização da cirurgia, podendo variar para mais ou para menos.

Como o estômago está reduzido, normalmente não cabe mais do que 200ml em seu interior. Logo, é normal que especialmente nessa fase, se emagreça mais rápido. 

A dieta é dividida em até 8 refeições por dia, cada uma contendo pequenos volumes - no máximo 150 ml por vez. Na dieta líquida, existem 2 fases da alimentação:

 

  • Líquidos claros: Normalmente realizada na primeira semana da pós-cirurgia bariátrica, é a dieta realizada apenas com uma sopa sem gorduras, como suco de frutas coados, chás e águas. Aqui, o volume é ainda menor e vai sendo ajustado de forma gradual.
  • Líquido triturado: na fase 2, já é comum ir se inserindo esse tipo de alimentação na rotina. Aqui, já se aumenta o volume para 100ml e, além das sopas permitidas anteriormente, é possível comer cereais, arroz, carnes brancas, gelatina sem açúcar, vegetais cozidos e etc. Lembrando que tudo triturado e coado!

 

Além de tomar cuidado com a quantidade, a velocidade de consumo também precisa ser fiscalizada. Nada de tomar sopa em 15 minutos. Os especialistas recomendam que o tempo mínimo ideal é de 30 a 40 minutos por alimentação.

Além disso, manter o corpo hidratado, com a quantidade de água recomendada por dia e suplementar de acordo com a recomendação médica, é ponto essencial nessa fase. Especialmente para repor as vitaminas e minerais que o organismo necessita nessa recuperação.

2 - Alimentação pastosa: o que é e como deve ser feita?

Normalmente ela se inicia a partir dos primeiros 15 dias da cirurgia - ou seguindo a recomendação médica. Aqui, já pode ser inserido os alimentos em forma de purês, mas sem pedaços ainda. 

Cremes de legumes, mingaus, purês de frutas ou vitaminas batidas com água, são as receitas mais comuns para esse momento. Na dieta pastosa, o volume pode ser aumentado para 200 ml por refeição, porém, ainda não é recomendado a ingestão de água com a alimentação.

3 - E a dieta sólida? 

A maior dúvida na alimentação pós-cirurgia bariátrica é referente aos alimentos sólidos. Normalmente, dependendo da evolução do paciente e liberação médica, são permitidas entre 30 a 45 dias após o procedimento.

Mas, a quantidade ainda é bem reduzida, sendo dividida em até 6 períodos por dia e os líquidos só são permitidos entre as refeições. Aqui, já são permitidos 2 litros de água por dia para evitar a desidratação do organismo.

E para manter a saúde em dia, qual o melhor suplemento?

Uma das consequências geradas pelo procedimento, é o prejuízo na absorção dos nutrientes necessários para o bom funcionamento e manutenção da saúde. Especialmente nos primeiros meses, onde a dieta é mais reduzida e com alimentos líquidos e pastosos.

Logo, contar com o produto certo, que reponha os nutrientes que o seu corpo necessita nesta fase de recuperação, é fundamental para que se tenha êxito com o procedimento! Pensando nisso, nós da Belt Nutrition, temos os produtos certos para você:

Belt Colágeno Plus Hidrolisado

Nossas cápsulas contém o colágeno hidrolisado tipo 1. Essa disposição facilita e potencializa sua absorção pelo organismo, maximizando seus benefícios para a saúde.

O colágeno é essencial para a saúde de cabelo, pele e unhas, sendo fundamental no processo de cicatrização pós-cirúrgica, especialmente na bariátrica. Além disso, nosso produto é enriquecido com vitaminas e minerais que vão fortalecer sua vitalidade e manter um bom funcionamento do corpo!

Belt Whey Protein - Porção Individual

A proteína é um dos principais nutrientes que o nosso organismo precisa para o seu funcionamento. Ela participa de quase todas as funções metabólicas, especialmente na formação de músculos, ossos, cartilagens e tecidos. 

Ele é disposto em uma porção individual: basta adicionar água e consumir. Fácil, prático e simples de transportar, garantindo a sua saúde e nutrição diária.

Logo, se torna um nutriente fundamental para quem está na fase de recuperação da bariátrica. Nosso produto, além de repor rapidamente a dose diária que o seu organismo precisa, ainda traz mais facilidade para a sua rotina! 

Gostou de conferir os cuidados necessários com a alimentação na pós bariátrica e quer saber mais? Acesse outros conteúdos do nosso blog e aprenda muito sobre a sua saúde.