Como melhorar a saúde sexual do casal?

Como melhorar a saúde sexual do casal?

Como anda a saúde sexual como casal? Apesar de ainda (infelizmente) esse tema ser um tabu, é fundamental discutirmos sobre ele e lançarmos a luz do esclarecimento para a compreensão da importância e também de seus benefícios.

Muito além do prazer, o sexo é uma das necessidades básicas, presentes na base da pirâmide de Maslow - as demandas fisiológicas, junto à alimentação e sono. Sendo assim, falar de sexo é falar de saúde, qualidade de vida e equilíbrio fisiológico. Vamos entender sobre esse tema?

 

O que é saúde sexual e reprodutiva?

Antes de começarmos a debater sobre o tema da saúde sexual, tanto para casal, quanto para cada um dos envolvidos, vamos entender sobre o que é compreendido como saúde sexual e reprodutiva.

Esse é um tema considerado como Atenção Básica à saúde, tendo políticas públicas - federais e estaduais - voltadas para sua compreensão e construção de leis próprias. São práticas que visam garantir o respeito aos direitos sexuais e reprodutivos de toda a população.

Além de todos possuírem a garantia de uma vida sexual segura e prazerosa, são colocadas em práticas medidas para prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e também garantir a liberdade sobre a escolha de ter filhos e acesso a métodos contraceptivos.

Logo, as políticas públicas devem garantir o acesso e segurança de quem deseja ter uma vida sexual prazerosa e segura. Agora, vamos falar sobre a importância da saúde sexual!

Saúde sexual: porque ela é importante?

Falar de sexo é falar de saúde e qualidade de vida. Isso porque, é um ato fisiológico e por essa característica, traz muitos benefícios para todo o organismo. Quando olhamos para todo o aspecto da saúde sexual, ela envolve muito além do ato em si, do orgasmo e libido.

Ela compreende toda a sexualidade, desde o momento da conquista, descoberta da intimidade e, principalmente, o contato. Todas essas etapas, apesar de não serem ditas, são essenciais e trazem inúmeras vantagens.

Existem muitos materiais e estudos, sobre a quantidade de exercícios físicos que precisam ser realizados na semana para bons frutos. Assim como, os alimentos e suas porções para repor as necessidades nutricionais.

Porém, sobre esse tema, ainda são poucos os insumos que conseguem afirmar quantas atividades sexuais por semana são necessárias para ativar todos os benefícios que a prática segura pode trazer para o corpo.

Mas, o sexo não é apenas ir lá e fazer. Para se ter prazer e realmente ativar o que ele pode trazer, é preciso ter atenção e cuidado com a libido!

 

O que é libido?

Ela é a energia sexual, conhecida como a pulsão que leva ao desejo para o ato. Reconhecida por muitas abordagens da psicologia humana como uma fonte de energia vital, ela precisa dos hormônios sexuais para conseguir estimular o instinto.

Por depender de hormônios e o funcionamento fisiológico do corpo, diversos fatores podem afetar a libido, fazendo com que ela fique baixa e acabe afetando a qualidade de vida e gerando problemas graves - como estresse, ansiedade e depressão. Alguns dos principais fatores para baixo libido são:

  • Ciclos menstruais femininos;
  • Utilização de medicamentos;
  • Mudança de rotina;
  • Alimentação precária;
  • Problemas fisiológicos, entre outros.

 

Como recuperar a libido sexual?

O primeiro ponto é observar se a baixa libido é algo passageiro, ou se é um problema que já vem se prolongando e causando impactos na qualidade de vida e saúde mental. Vários fatores podem gerar baixa libido, como o estresse do dia-a-dia, mudanças hormonais, falta de sono e outros.

Mas, quando esse problema se torna recorrente, é preciso olhar com carinho e buscar ajuda profissional. Afinal, é preciso investigar se não existe nenhuma causa adjacente ou problema de saúde grave, que possa estar afetando a sua vida sexual. 

Mas, algumas dicas práticas podem ajudar a recuperar a libido sexual, quando não existe uma causa mais grave para esse fator: 

  • Apostar em uma alimentação balanceada;
  • Ingerir alimentos afrodisíacos;
  • Se está em um relacionamento, inovar na relação, fazer algo de diferente da rotina;
  • Praticar exercícios físicos - eles estimulam a liberação de neurotransmissores ligados ao bem-estar e melhoram a produção sexual, entre outros.

 

Importância da saúde sexual para ambos

Os benefícios de uma prática sexual prazerosa e segura, traz benefícios para o corpo feminino e masculino. Algumas das vantagens para o corpo, são:

  1. Estimula a boa circulação sanguínea, combatendo problemas cardiovasculares;
  2. Melhora a pele, uma vez que estimula a produção de hormônios;
  3. Exercita a musculatura pélvica, prevenindo problemas como a incontinência urinária;
  4. Equilibra a saúde mental, combatendo problemas como depressão, ansiedade;
  5. Estimula a cognição, melhorando a concentração, memória e criatividade;
  6. Aumenta a imunidade;
  7. Promove a conexão com o parceiro e fortalece o relacionamento.

Sendo assim, o ato sexual é sinônimo de qualidade de vida e consegue atingir diversas funções essenciais para a nossa rotina. Mas, qual será o impacto dela para a mulher e sua saúde?

 

A importância da relação sexual para a saúde da mulher

A maior vítima desse tabu, que são as relações sexuais, é a mulher. Isso, não apenas ao ato em si com um parceiro, mas também sobre a masturbação - que faz parte do ato sexual e é tão benéfico quanto!

Além dos benefícios fisiológicos, como a melhora de dores crônicas - como a enxaqueca - combate a insônia e fortalecimento dos músculos pélvicos, quando falamos da saúde feminina, o sexo combate outros problemas mais comuns.

Pelas alterações hormonais dos ciclos, o público feminino sofre com as constantes alterações de humor, estresse, ansiedade e baixa autoestima. A prática recorrente ajuda a melhorar esse cenário, uma vez que estimula a produção de hormônios que combatem esses problemas. Incrível, não?

Logo, apostar em uma vida sexual ativa, segura e com prazer, é a receita para ter uma vida com mais qualidade e menos problemas que afetam toda a saúde. Busque orientação profissional em caso de problemas com a libido e busque se conhecer mais! 



Produtos Relacionados