Ao pensar em realizar uma cirurgia bariátrica, há uma boa chance de se cruzar com informações falsas, enganosas e perigosas, já que o procedimento precisa de orientações pré e pós-operatórias de um especialista. Isso acontece porque a vida após a bariátrica pode ser cheia de surpresas — boas, ruins e até mesmo as mais embaraçosas, sendo importante a realização de um acompanhamento psicológico. 

Pensando nisso, trouxemos seis fatos sobre o procedimento cirúrgico que você talvez ainda não saiba. Veja! 

O que é a cirurgia Bariátrica?

A Cirurgia bariátrica é um procedimento que ajuda a perder peso, alterando a maneira como o estômago e o intestino delgado lidam com os alimentos que você come, podendo ser divididas em cirurgias restritivas, que diminuem a quantidade de alimentos comportados pelo estômago; as mistas, com pequeno grau de restrição e desvio curto do intestino, com discreta má absorção de alimentos; e disabsortivas, que reduzem a capacidade de absorção do intestino. 

 

 

Cirurgia Bariátrica Restritiva

A perda de peso se faz pela redução da ingestão de alimentos. Os resultados esperados incluem perda de peso e melhora na qualidade de vida, como problemas cardiorrespiratórios e problemas metabólicos, como a diabetes. Pode ser realizada com:

  • Banda Gástrica Ajustável: trata-se de um anel inflável de silicone colocado no estômago e representa 5% dos processos realizados no Brasil Quanto mais apertado, mais devagar ocorrerá a saída do alimento. Assim, o paciente consegue controlar a velocidade da alimentação e ingere porções menores. Apesar de não promover mudanças na produção de hormônios, como o bypass, essa técnica é bastante segura e eficaz na redução do peso. Vale ressaltar também que o procedimento é reversível!

  • Gastroplastia Vertical em Sleeve: trata-se de uma nova técnica capaz de retirar 70% a 80% do estômago de forma longitudinal. Propõe o efeito restritivo, pela redução do tamanho do estômago, mas também pela redução do órgão, que retira a parte da produção do hormônio responsável pela sensação de fome. 

Cirurgia Bariátrica Mista e Disabsortiva

As bariátricas com técnica mista associam a redução da capacidade do estômago com a diminuição da absorção dos nutrientes. Sendo assim, são responsáveis por uma maior perda de peso, quando comparadas a outras cirurgias, entretanto, um aumento na dificuldade de absorção dos nutrientes. 

Vale reforçar que a técnica tem efeitos no metabolismo, independentemente da perda de peso. É importante saber que estes pacientes estão mais sujeitos às complicações por deficiência de vitaminas, facilitando o aparecimento da osteoporose e aumento do número de evacuações diárias. 

  • Mista com Componente Restritivo: acontece a redução do tamanho do estômago. Além disso, o percurso do alimento pelo intestino também será menor, auxiliando na redução da absorção de gorduras e açúcares. Vale reforçar que, com ela, dificilmente o paciente voltará ao peso antigo e possui a possibilidade de reversão. 

  • ByPass Gástrico (Gastroplastia com desvio intestinal em Y de Roux): técnica mais realizada no Brasil, correspondendo a 75% das cirurgias realizadas. Nesse procedimento é feito grampeamento de uma parte do estômago (restritiva) e desvio intestinal (disabsortiva). Isso promove o aumento de hormônios que dão saciedade e diminuição de fome. Além do emagrecimento, controla doenças como diabetes e hipertensão arterial.

Depressão pós cirurgia bariátrica

Após a cirurgia bariátrica, o aparecimento de ansiedade e depressão são comuns nos primeiros dias. Isso acontece, principalmente, pela sensação de fome que aparece pouco tempo depois da cirurgia, sendo um fator psicológico e não real. 

A estabilidade do peso sempre será um objetivo difícil de ser alcançado sem o tratamento da ansiedade, elevando a taxa de falha da cirurgia. 

Por isso, uma das recomendações mais importantes e que deve começar antes mesmo do procedimento cirúrgico, é o acompanhamento psicológico. Com ele, é possível entender a compulsão alimentar e tratá-la em conjunto com a estética, diminuindo a taxa de falha da cirurgia. 

Vale ressaltar que a carência da Vitamina B12 pode gerar cansaço, falta de disposição e outros sintomas que podem, facilmente, ser confundidos com depressão. 

Síndrome de Dumping

A síndrome de dumping é um problema que ocorre em alguns pacientes após uma cirurgia para perda de peso.Acontece pela passagem rápida do alimento entre o estômago e o intestino e os sintomas podem aparecer entre 1-3 horas após a alimentação, sendo os principais sintomas: 

  • sensação de peso na barriga;

  • náuseas e vômitos;

  • aumento do abdômen;

  • gases;

  • dor abdominal;

  • cólicas;

  • diarréia;

  • sudorese;

  • ansiedade e irritabilidade;

  • fome;

  • fraqueza e cansaço;

  • tontura;

  • tremores;

  • dificuldade de concentração.

Estes sintomas aparecem graças ao intestino delgado ser incapaz de tolerar o açúcar, liberando grandes quantidades de insulina. Para passar, é recomendado deitar-se imediatamente, evitando o desmaio. 

Queda de cabelo após a bariátrica

A queda de cabelo pode ser um assunto assustador não é mesmo? No entanto, é muito comum — geralmente três a cinco meses após a cirurgia — começar a reparar na queda capilar. Mas, porque isso acontece?

Isso ocorre, porque aqueles que são submetidos a bariátrica, experimentam uma perda de peso muito rápida, e maior prevalência de deficiência de nutrientes após o procedimento (como zinco, biotina, potássio, vitamina B6 ou fósforo).

Por isso, uma deficiência desses nutrientes pode danificar a raiz do cabelo, tornando os folículos fracos.

Uso de anticoncepcional após a cirurgia bariátrica

Mulheres que realizaram a cirurgia bariátrica, devem evitar contraceptivos orais, como a pílula anticoncepcional. Isso porque após a cirurgia para perder peso, o medicamento hormonal que previne gravidez pode ter menor eficácia, tornando-se assim um método não muito confiável.

Sendo assim, recomenda-se que a mulher que tenha passado por uma bariátrica, converse com o seu Gastrocirurgião e com o seu ginecologista a respeito de sua fertilidade.

Sensação de frio após a bariátrica

Sentir muito frio também é um dos efeitos colaterais de cirurgias bariátricas. Isso ocorre porque, perder uma quantidade significativa de gordura, em um período relativamente curto, significa que você tem menos isolamento natural.

Além das reservas de gordura empobrecidas, seu metabolismo mudará. Você consumirá menos calorias, o que significa que estará convertendo menos energia em calor.

Portanto, se você sentir frio o tempo todo durante os meses após a cirurgia bariátrica, não se assuste. É um sintoma comum!

Carteirinha de Identificação do Paciente Bariátrico

Você já ouviu falar na Carteira de Identificação do Paciente Bariátrico?

A carteirinha foi criada para facilitar o atendimento adequado de pessoas que passaram pela cirurgia. Essa é uma forma que você tem de reunir informações importantes, por exemplo, o seu tipo sanguíneo, doenças associadas, o nome do seu cirurgião, a data do procedimento e a técnica utilizada.

Outra vantagem da carteirinha é que você paga apenas metade do preço da injeção de vitamina B12 (Citoneurin).

Atenção: os interessados em ter o documento devem procurar diretamente seus médicos para verificar a disponibilidade.

Nova vida repleta de cuidados!

Quando o órgão, que tem papel fundamental na digestão dos alimentos é “severamente” reduzido, não é só a vontade de comer que muda.

O organismo passa por alterações que vão muito além da perda de peso e exigem uma adaptação completa de estilo de vida dali para frente. Com o estômago muito menor do que o normal, as pessoas que passam por uma cirurgia bariátrica reduzem a ingestão de comida e passam a absorver menos vitaminas e minerais que antes, graças ao desvio intestinal proveniente do procedimento. 

É importante ressaltar também que os bariátricos podem se tornar mais seletivos com os alimentos, não ingerindo os nutrientes necessários. Por isso, alinhe uma dieta com um profissional especializado! 

 

Para finalizar!

A cirurgia bariátrica tem muitos benefícios, mas deve-se lembrar que é um procedimento operacional com um conjunto de diretrizes a seguir.

Portanto, se você deseja manter esses resultados surpreendentes constantes, precisa trabalhar diariamente. Como você pode ver, após a bariátrica, é natural o paciente encontrar dificuldades em absorver os nutrientes.

 E a linha de Suplementos Belt Nutrition foi desenvolvida especialmente para atender essas necessidades nutricionais de pacientes bariátricos, que buscam uma vida saudável, ou seja, é um grande aliado contra a obesidade.

Espero que você tenha gostado deste conteúdo! E se você quiser ter acesso a mais artigos como esse, siga-nos nas nossas redes sociais: Facebook e Instagram.Também temos o nosso canal no Youtube.

 

"