Vida que segue

Após a cirurgia bariátrica, a vida do paciente muda significativamente. A adoção de um estilo de vida mais saudável é fundamental, com uma dieta balanceada e exercícios regulares para manter a perda de peso a longo prazo.
A suplementação nutricional torna-se uma rotina diária para evitar deficiências. Além disso, o acompanhamento médico regular é essencial para monitorar a saúde geral e o bem-estar emocional, garantindo que os resultados da cirurgia sejam sustentáveis e melhorando a qualidade de vida indefinidamente.

Nesta etapa, novos desafios surgem, como o dumping, uma reação a certos alimentos que exige atenção à dieta. O reganho de peso é uma preocupação contínua, combatido com hábitos saudáveis e vigilância constante. Cirurgias plásticas reparadoras podem ser necessárias para remover o excesso de pele, enquanto os suplementos nutricionais se tornam aliados indispensáveis para manter o equilíbrio nutricional vital para a nova vida do paciente. Entenda a seguir cada um desses pontos:

Informe seu e-mail e receba nosso e-book completo:


Dumping

O dumping, também conhecido como síndrome do esvaziamento gástrico rápido, ocorre quando o alimento, especialmente o açúcar, passa muito rapidamente do estômago para o intestino delgado.
Isso pode acontecer em pacientes que passaram por cirurgia bariátrica, especialmente aquelas que alteram a anatomia do estômago e a conexão com o intestino delgado, como a cirurgia de bypass gástrico.

O dumping precoce acontece logo após comer, geralmente dentro de uma hora. Sintomas podem incluir náusea, vômitos, palpitações, suor, fraqueza, tontura, rubor e até diarreia.
Já o dumping tardio ocorre de 1 a 3 horas após a alimentação e está associado a uma queda no nível de açúcar no sangue (hipoglicemia), resultando em sintomas como fraqueza, suor, confusão e, em casos graves, desmaio.

Tratamento

O tratamento para a síndrome de dumping geralmente envolve mudanças na dieta e padrões de alimentação, como comer refeições menores e mais frequentes, evitar alimentos ricos em açúcar, e consumir alimentos que retardam o esvaziamento gástrico.

Reganho de Peso

O reganho de peso após a cirurgia bariátrica é quando um paciente, inicialmente bem-sucedido em perder peso após a cirurgia, começa a recuperar o peso perdido.
Isso pode ser devido a vários fatores, incluindo a falta de adesão a mudanças dietéticas e de estilo de vida recomendadas, como manter uma dieta equilibrada e realizar exercícios regularmente. Além disso, podem contribuir para o reganho de peso:

fatores psicológicos

fatores metabólicos

fatores hormonais

O reganho de peso pode ocorrer meses ou anos após a cirurgia e varia de paciente para paciente. A chave para prevenir o reganho é seguir rigorosamente as diretrizes nutricionais e de atividade física, manter acompanhamento médico regular e buscar apoio para questões comportamentais e emocionais relacionadas à alimentação.
Para ambos os casos, o acompanhamento médico contínuo e o suporte de uma equipe multidisciplinar são essenciais para o manejo efetivo e a manutenção dos resultados da cirurgia.

Plásticas Reparadoras

As plásticas reparadoras após a cirurgia bariátrica são procedimentos cirúrgicos realizados para remover o excesso de pele e tecido adiposo que frequentemente permanecem após uma grande e rápida perda de peso.
Estas cirurgias ajudam a melhorar o contorno corporal e a ajustar a pele à nova forma do corpo do paciente. Além dos benefícios estéticos, as plásticas reparadoras também podem trazer benefícios funcionais, como a redução de infecções de pele e irritações causadas pelo excesso de pele, além de elevar a auto estima.

Tipos comuns de plásticas reparadoras

Abdominoplastia

Também conhecida como "cirurgia de contorno corporal", é realizada para remover o excesso de pele e gordura do abdômen e restaurar a firmeza dos músculos da região abdominal.

Mamoplastia

Pode ser uma redução ou um levantamento dos seios, para ajustar o tamanho e a forma após a perda de peso, muitas vezes melhorando o conforto e a proporção corporal.

Braquioplastia

Cirurgia para remover o excesso de pele dos braços, também conhecida como "lifting de braços".

Estas cirurgias, quando necessárias, são geralmente recomendadas após o peso do paciente ter estabilizado, o que geralmente ocorre de 12 a 18 meses após a cirurgia bariátrica.
Isso permite que o corpo se ajuste à nova massa corporal e minimiza o risco de complicações. Além disso, é importante que os pacientes mantenham hábitos de vida saudáveis para garantir resultados duradouros.

Superando as Carências Nutricionais Pós-Cirurgia Bariátrica

A cirurgia bariátrica é um divisor de águas na vida de quem busca uma solução para a obesidade. No entanto, ela vem com o desafio de manter um estado nutricional equilibrado.
Com a redução na ingestão de alimentos, proteínas, vitaminas e minerais podem ficar abaixo do necessário, levando a condições como anemia e desnutrição proteica.
Estes riscos são uma consequência direta da diminuição da capacidade do corpo de absorver nutrientes devido às mudanças no sistema digestivo.

Como a Suplementação Alimentar Pode Ajudar?

A suplementação não é uma opção, mas uma necessidade após a bariátrica. Oferecendo o suporte nutricional que seu corpo precisa, os suplementos são projetados para preencher as lacunas deixadas pela dieta restrita e pela absorção reduzida.
Com a suplementação correta, você pode prevenir deficiências e promover uma recuperação robusta e uma vida mais saudável.

Descubra a Linha Belt Bariatric

Nossos suplementos são formulados especificamente para quem passou por cirurgia bariátrica, garantindo que você receba os nutrientes essenciais para funcionar no seu melhor. Cada dose é uma medida preventiva contra desequilíbrios nutricionais, apoiando seu bem-estar a longo prazo.

Suplementos mais indicados para essa etapa:

Suplementação Pós Bariátrica:
O Alicerce da Sua Nova Vida

Nossa gama de polivitamínicos e poliminerais é a pedra angular no protocolo pós-operatório. Para aqueles que enfrentam desafios de absorção, nossos suplementos podem auxiliar, assegurando que suas necessidades nutricionais sejam atendidas. Cada produto é cuidadosamente formulado para atender às especificidades de sua nova condição digestiva, possibilitando que você viva plenamente, sem o medo de carências nutricionais.

FAQ - Dumping

O que é Dumping?

Dumping é uma condição que pode ocorrer após a cirurgia bariátrica, caracterizada por sintomas como náuseas, vômitos, tontura, sudorese e diarreia. Ocorre geralmente quando o conteúdo do estômago é esvaziado muito rapidamente no intestino delgado, especialmente após a ingestão de alimentos ricos em açúcar ou gordura.

Quais são os sintomas do Dumping?

Os sintomas do Dumping podem incluir náuseas, palpitações, fraqueza, sudorese, tontura e, ocasionalmente, diarreia. Esses sintomas podem ocorrer imediatamente após a refeição ou algumas horas depois.

Como posso prevenir o Dumping?

Para prevenir o Dumping, é recomendável comer pequenas refeições ao longo do dia, evitar alimentos ricos em açúcar e gordura, mastigar bem os alimentos e não beber líquidos durante as refeições. É importante também fazer uma pausa após comer antes de retomar as atividades físicas.

Existe tratamento para o Dumping?

O tratamento para o Dumping envolve principalmente ajustes dietéticos. Em casos raros, podem ser necessárias intervenções médicas ou cirúrgicas. Consultar um nutricionista para orientações dietéticas específicas é essencial.

FAQ - Reganho de Peso

Quais são as principais causas do reganho de peso após a cirurgia bariátrica?

O reganho de peso após a cirurgia bariátrica geralmente está relacionado à falta de acompanhamento contínuo com a equipe multidisciplinar. Outros fatores incluem não aderir às orientações nutricionais, falhar na suplementação adequada e abandonar a prática regular de exercícios físicos.

Como posso prevenir o reganho de peso?

Para prevenir o reganho de peso, é essencial estabelecer uma rotina que inclua uma dieta equilibrada e a suplementação diária de vitaminas, minerais e proteínas. Além disso, a prática regular de exercícios físicos e a manutenção do acompanhamento com a equipe multidisciplinar são cruciais, assim como evitar o consumo de álcool.

Quais são os sinais de alerta de reganho de peso?

Os sinais de alerta para o reganho de peso incluem o retorno de comorbidades, como diabetes, esteatose hepática, colesterol elevado e hipertensão. Outros indicadores podem ser a falta de disposição para atividades físicas e dificuldades em manter as rotinas de exercício e alimentação saudável.

Existem opções cirúrgicas ou médicas para lidar com o reganho de peso?

Sim, existem intervenções para lidar com o reganho de peso após a cirurgia bariátrica. Uma delas é o uso do plasma de argônio, uma técnica endoscópica que pode ser indicada para pacientes que tiveram recidiva de peso dois anos ou mais após a cirurgia bariátrica.

FAQ - Cirurgias Reparadoras

O que são Cirurgias Reparadoras?

Cirurgias reparadoras são procedimentos realizados para corrigir excessos de pele e outras alterações corporais que ocorrem após grande perda de peso, como a observada após a cirurgia bariátrica. Estes procedimentos ajudam a melhorar tanto a aparência quanto o conforto físico do paciente.

Quais são os tipos comuns de Cirurgias Reparadoras?

Os tipos comuns incluem abdominoplastia (para remover excesso de pele do abdômen), mastopexia (elevação dos seios), braquioplastia (remoção de excesso de pele dos braços) e lifting de coxas.

Quando posso fazer uma Cirurgia Reparadora após a bariátrica?

Geralmente, recomenda-se esperar até que o peso se estabilize por pelo menos 12 a 18 meses após a cirurgia bariátrica, para que os resultados da cirurgia reparadora sejam mais efetivos e duradouros.

Os resultados das Cirurgias Reparadoras são permanentes?

Embora os resultados sejam geralmente duradouros, manter um peso estável é crucial para preservar os benefícios da cirurgia. Flutuações significativas de peso podem afetar os resultados.

FAQ - Suplementação Pós Cirurgia Bariátrica

Como escolher os suplementos certos após a cirurgia bariátrica?

A escolha dos suplementos deve ser feita com a orientação de um profissional de saúde, como um nutricionista ou médico, que pode recomendar os tipos e doses específicos baseados nas necessidades nutricionais individuais e nos resultados de exames laboratoriais.

Os suplementos pós-bariátricos são diferentes dos suplementos regulares?

Sim, os suplementos formulados para pacientes pós-bariátricos são frequentemente mais concentrados e em formas que são mais facilmente absorvidas pelo corpo, dada a alterada capacidade de absorção após a cirurgia.

Posso obter todos os nutrientes necessários apenas através da dieta?

Após a cirurgia bariátrica, pode ser desafiador obter todos os nutrientes necessários apenas através da dieta, devido às restrições alimentares e às mudanças na absorção de nutrientes. Por isso, a suplementação é um componente essencial do cuidado pós-operatório.

REFERÊNCIAS


BORDALO, L.A.; TEIXEIRA, T.F.S.; BRESSAN, J.; MOURÃO, D.M. Cirurgia Bariátrica: Como e Porque Suplementar. Rev. Assoc. Med. Bras. Vol. 57, n.1, pag. 113-120. 2011. COZZOLINO, S. M. F. Bases Bioquímicas e Fisiológicas da Nutrição. Barueri, SP, 2013. LIMA, K.V.G.; COSTA, M.J.C.; GONÇALVES, M.C.R.; SOUZA, B.R. Deficiências de micronutrientes no pré operatório de cirurgia bariátrica. Rev. ABCD Arq Bras Cir Dig. Vol. 26, n.1, pag. 63-66. 2013. MAHAN, L. K.; STUMP. S. E., RAYMOND. J. L. Krause: Alimentos, nutrição e dietoterapia. 13° Edição, SP, 2013.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA BARIÁTRICA E METABÓLICA. SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA VIGITEL BRASIL 2023:: Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: estimativas sobre frequência e distribuição sociodemográfica de fatores de risco e proteção para doenças crônicas nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal em 2023 [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente, Departamento de Análise Epidemiológica e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis. – Brasília : Ministério da Saúde, 2023.