Nosso corpo é uma verdadeira obra de arte. Ele realiza tantas ações, que por muito tempo foram consideradas até mágicas. Até hoje, mesmo depois de todo o avanço científico, algumas coisas ainda são verdadeiros mistérios.

Porém, ele precisa de nutrientes para realizar todas essas reações - tanto à nível metabólico, quanto às macro atividades. Logo, muito além das vitaminas, nosso organismo precisa dos minerais, que executam funções essenciais em todos os aspectos, para tanto que eles correspondem a 4% de toda nossa massa corpórea.

Hoje, vamos falar sobre um importante mineral, mas, que é pouco explorado: entenda para que serve o zinco, seus benefícios e principais atribuições a seguir:

 

O que é e para que serve o zinco?

Ele é um micronutriente, pertencente à família dos minerais. Apesar de ser pouco conhecido, sua importância não deve ser negada! Sozinho, ele é responsável por 300 reações químicas no organismo. 

Porém, os sistemas que mais se beneficiam de sua presença são o imune - proteção e regeneração das células -  e a produção hormonal. 

Assim como grande parte de seus primos, o nosso organismo é incapaz de produzir o zinco sozinho, sendo a absorção externa (absorção alimentar ou suplementação) a responsável por 100% da reposição necessária.

 

Quais suas principais atuações no funcionamento e manutenção da saúde?

Ele é um nutriente que promove o funcionamento saudável de diversos órgãos e também sistemas, atuando a nível celular. Confira abaixo uma pequena lista das principais atuações desse mineral tão importante e que justificam a importância do zinco no corpo humano:

1 - Considerado o maior aliado do sistema imunológico

Os especialistas são categóricos em afirmar que o zinco é o micronutriente mais assertivo quando o assunto é fortalecer o sistema imunológico. Ele tem todo esse poder, porque em um órgão presente no meio do peito.

Denominada de glândula Timo, ela é a responsável por produzir e regenerar as células de defesa denominadas de linfócitos T. São elas que geram a resposta a infecções, estimulando assim a produção dos anticorpos.

A ausência do zinco, pode causar danos sérios para o sistema imunológico. Levando a um quadro onde o corpo não consegue repor essas células de defesa, na mesma medida que utiliza. 

2. Tem papel fundamental na absorção e aproveitamento de outros nutrientes

O zinco também é forte aliado das vitaminas. Isso porque sua presença auxilia na absorção e também na biodisponibilidade desses nutrientes, maximizando seus benefícios e efeitos em todo corpo.

Por exemplo, a vitamina D: ela é essencial para a fixação do cálcio nos ossos. O zinco aumenta a disposição desse nutriente no corpo, combatendo diversos problemas como a osteoporose e afins. 

Outra vitamina que se beneficia dessa parceria, é a A, essencial para a renovação de células da pele e proteção da nossa visão. Incrível, não?

3 - Aliado da saúde mental e do sistema nervoso

O zinco é o mineral responsável pela produção de uma enzima denominada de superóxido dismutase. Ela combate exatamente o estresse oxidativo, especialmente no sistema nervoso, como nos neurônios, que leva a morte e degeneração dessas estruturas. Esse fator, por si só, já combate o risco de desenvolver o temido Alzheimer.

Porém, a sua saúde mental também vai te agradecer se seus níveis de zinco estiverem satisfatórios. Ele facilita e estimula a troca saudável e eficaz entre os neurônios (sinapses), afastando os sintomas como o da depressão.

4 - Protege o sistema cardiovascular 

Assim como o sistema nervoso, o cardíaco é o que mais sofre com a oxidação e as terríveis ações dos radicais livres. Além disso, estudos comprovam que a presença do zinco evita a constrição dos vasos e melhora o controle de pressão.

Fora isso, ele também é responsável pela reparação dos tecidos danificados pela oxidação gerada pelo colesterol LDL (o colesterol “ruim”).

5 - Melhora a saúde da pele 

Novamente, pela sua capacidade de combater os radicais livres e a oxidação gerada por eles, o zinco é um dos melhores amigos da sua pele. Ele tem a incrível capacidade de estimular a reposição de colágeno, característica que ajuda a acelerar a cicatrização de feridas, especialmente após cirurgias e em decorrência de ferimentos ocasionados por diabetes.

Outro fator que os estudos demonstraram, é que pessoas com um bom nível do mineral no corpo, tem um dos benefícios do zinco: melhora das inflamações geradas pela acne, devida a sua ação anti-inflamatória.

 

Principais benefícios do zinco para sua saúde

Dá para se entender agora o porque esse nutriente é considerado um super mineral e justifica as mais de 300 reações químicas, não é? Abaixo, resumimos de forma mais breve os principais benefícios do zinco:

  1. Melhora o aspecto da pele e ajuda em processos de cicatrização;
  2. Essencial para a absorção de outros nutrientes, especialmente vitaminas;
  3. Previne doenças crônicas que são agravadas pelo estresse oxidativo - Alzheimer e câncer;
  4. Melhor aliado da imunidade e proteção do corpo;
  5. Potencializa o sistema nervoso, garantindo seu bom funcionamento;

Esses são apenas alguns, uma vez que a lista de vantagens desse único nutriente é extensa. Agora, você sabe em quais alimentos pode encontrar zinco?

Principais fontes de zinco:

É a partir da alimentação equilibrada e saudável que nosso organismo repõe todos os nutrientes necessários. Ela é a mais eficaz, segura e garantida forma de realizar isso, uma vez que a partir dela o corpo absorve apenas o que precisa. 

Abaixo, separamos uma lista breve e que, com toda certeza, faz parte da sua rotina alimentar, que é repleta de alimentos ricos em zinco:

  • Origem animal: carne vermelha, fígado, peixe e ovos;
  • Legumes como a batata-doce e beterraba;
  • Vegetais, tais como alface, cebola (especialmente a roxa) e brócolis;
  • Frutas, especialmente as mais ácidas: abacaxi, morango, banana, maçã;
  • Leguminosas: grão-de-bico, ervilha e feijão.