O público masculino é o que mais negligencia os cuidados com o corpo e mente. Seja por tabu, preconceito ou até mesmo por ignorância, a saúde do homem sempre é a que mais sofre por falta de atenção e prevenção. Não é à toa que os problemas crônicos que acometem esse público - como os cardíacos e câncer de próstata - sejam fatais na maioria dos casos. Exames preventivos e alguns pontos de atenção são capazes de identificar precocemente o problema e tratá-lo antes de se agravar. Porém, com a fuga deles dos consultórios médicos e dos exames, junto a hábitos de vida nada saudáveis, fazem com que a mortalidade e perda de qualidade de vida sejam ainda mais pronunciados. Então, vamos conhecer melhor sobre a importância dos cuidados com a saúde do homem e entender as principais doenças mais comuns a esse público? Confira! A importância da prevenção na saúde dos homens Os homens tendem a negligenciar muito os cuidados com a saúde. E isso não somos nós que dizemos: segundo relatórios da própria OMS (Organização Mundial da Saúde), o sexo feminino tende a ter muito mais cuidados com a vitalidade e procuram mais prevenção. Os especialistas também notam o problema. Mesmo quando eles comparecem às consultas e exames, em sua grande parte, estão acompanhados de alguma mulher do seu círculo - mães, irmãs ou parceiras. Além de fatores como ignorância e receio de procurar atendimento, homens tendem a ter mais preconceitos com esses cuidados. Especialmente quando o assunto é passar no urologista e fazer os testes de toque. Entre eles mesmos, circula um certo escárnio e tabus sobre o cuidado com a saúde. E esse cenário é ainda mais preocupante, quando adicionamos a variável de homens que fazem uso constante de hormônios masculinos. para crescer. Essas substâncias, são reconhecidas por muito além de ajudar a desenvolver músculos. Elas também acarretam problemas sérios para a saúde. Especialmente quando pensamos em pessoas que já tenham predisposição para alguma patologia. O uso dessas drogas, desencadeia diversos riscos: doenças cardiovasculares, diabetes, falha nos rins, cirrose, câncer e a lista só vai crescendo. Mesmo aqueles que nunca usaram esses hormônios, ainda correm sérios riscos de desenvolver doenças que são comuns aos homens. Somente o acompanhamento e exames periódicos, podem ajudar nesse cenário. E quais são as doenças mais comuns em homens? Independente do sexo, o corpo pode ter pré-disposições a desenvolver doenças graves. Porém, algumas patologias são mais comuns aos homens, assim como outras a mulheres. Abaixo, listamos as principais doenças comuns em homens: Câncer de pele: o público masculino é o que menos usa o protetor solar. Então, é extremamente comum essa doença em homens. Quando descoberta cedo, as chances de cura são altíssimas. Câncer de próstata: a idade de risco começa a partir de 40 anos, mas nunca é cedo para a prevenção, especialmente nos que usam/usaram hormônios. Quando descoberto cedo, a taxa de recuperação sem grandes impactos é alta; Doenças hepáticas: cirrose, câncer de fígado e hepatites são extremamente comuns em homens. Alguns fatores de risco são a predisposição genética desse público e o consumo excessivo de álcool, principalmente. Doenças cardiovasculares: os problemas que afetam o coração são a maior causa de morte no Brasil. E os homens são os que mais são acometidos por esse grave problema. Essas são as condições de saúde que mais afetam e matam homens aqui no Brasil. Essas mortes e efeitos negativos na qualidade de vida, poderiam ser evitados com alguns hábitos básicos: Alimentação balanceada: existe o velho ditado popular que você é, aquilo que come. E isso não pode ser mais verdade. A alimentação é nossa fonte mais segura de nutrientes, além de ajudar o corpo em processos bioquímicos, como a desintoxicação e fortalecimento de sistemas como a imunidade. Exercícios físicos: nosso corpo foi feito para estar em movimento. Cada parte dele foi preparado para isso e, a prática regular de atividades, traz benefícios comprovados a curto, médio e longo prazo, especialmente na prevenção de doenças. Check-ups rotineiros: a maioria das doenças podem - e são - descobertas precocemente. Muitas vezes, antes de se desenvolverem na forma mais grave, que requer tratamentos mais longos e perda de qualidade de vida. Além disso, as consultas preventivas ajudam a verificar também se os nutrientes estão nos níveis adequados. Mas, além da alimentação, você sabia que é possível turbinar sua saúde com o uso recomendado de suplementos vitamínicos? Confira. Melhor suplemento para homem Os cuidados com a saúde masculina precisam sempre estar em foco. Especialmente para prevenir diversas doenças crônicas que podem ser evitadas com os devidos cuidados. E, muitas vezes, a suplementação é um grande aliado nesse cuidado com a saúde do homem. Isso porque, muitas vezes, apenas a alimentação não repõe os níveis adequados de nutrientes. Então, os médicos recomendam o uso de multivitamínicos e minerais, para ajudar nessa missão. Confira alguns dos melhores suplementos para homens: Belt Vitamina D A vitamina D é essencial para a manutenção da saúde óssea e prevenção dos perigos da osteoporose. Isso por esse nutriente ser fundamental para a absorção e fixação do cálcio nos ossos. Além disso, ela é reguladora da imunidade, fortalece o sistema cardiovascular - um dos pontos mais frágeis da saúde masculina - e ajuda nas funções hepáticas. Belt Homme Problemas na produção da testosterona e situações externas, fazem com que a libido masculina fique em risco. Para isso, o suplemento Belt Homme, vai ser seu maior aliado para resolver de vez esse problema. Além disso, o produto é rico em Guaraná e Açaí, importantes antioxidantes, fonte de vitamina do complexo B e estimulantes do sistema nervoso central. Belt +23 Soft MAX E para fechar com chave de ouro, um multivitamínico e polimineral completo é o mais recomendado para te ajudar na prevenção e cuidados com a saúde do homem. O Belt +23 tem todos os nutrientes de A a Z, atendendo atéa 1000% das necessidades diárias que o seu organismo tem. É de fácil absorção e ajuda a manter seu organismo no equilíbrio que ele precisa. E aí, o que está esperando para começar a cuidar da sua saúde a partir de hoje? Você pode evitar muitos problemas, que vão acarretar em perda de qualidade de vida a médio e longo prazo.