Flora intestinal: você sabe realmente o que isso significa e qual a importância dela para a nossa saúde e funcionamento biológico. 

Para tirar suas principais dúvidas sobre o tema, conhecer melhor sobre suas principais funções e saber como cuidar melhor dessa parte, continue a leitura! 

 

O que é flora intestinal?

Também conhecido como microbiota intestinal, é uma proliferação de bactérias benignas, que ficam alojadas no nosso intestino. Elas são responsáveis por auxiliar no processo digestivo, absorção de nutrientes e também na limpeza de perigos que podem danificar nosso corpo.

Sendo assim, ela é fundamental não apenas para o intestino, mas também são capazes de proteger todo o organismo e manter seu devido funcionamento. A relação entre o intestino com os microorganismos, é mútua.

O órgão fornece as bactérias espaço, matérias e nutrientes para elas crescerem e se reproduzam. Em contrapartida, elas auxiliam na digestão de alimentos e, ainda, combatem bactérias nocivas para nossa saúde, impedindo-as de crescer.

E quando a flora intestinal está desregulada?

Por ser composta por organismos vivos, é comum que exista desequilíbrios ocasionados por diversos fatores, que podem matar essas bactérias e deixar brechas para as ruins se proliferarem. Alguns deles são:

  • Episódios com diarreia intensa - viroses, alergias e outros problemas, que causem esse sintoma, faz com que as bactérias sejam eliminadas também.
  • Uso prolongado de antibióticos - eles não matam apenas as bactérias ruins, mas também as boas!
  • Dieta pobre em alimentos e nutrientes - quem ama comer alimentos industrializados e ricos em açúcar, está matando aos poucos sua flora intestinal;
  • Poucas fibras na alimentação - elas são as principais fontes de alimentos das bactérias e precisam delas para se desenvolverem.

 

Quais são os principais sintomas da flora intestinal desregulada?

Quando a microbiota está em desequilíbrio, ocorre o que os especialistas chamam de disbiose intestinal. Isso causa problemas sérios imediatos, especialmente na absorção dos nutrientes essenciais, como as vitaminas e minerais.

O corpo sente quase que de imediato os efeitos desse problema. Abaixo, listamos os principais sintomas que a disbiose causa:

  1. Flatulência constante.
  2. Enjoos sem causas aparentes;
  3. Diarreia e/ou prisão de ventre;
  4. Queda capilar e enfraquecimento da unha
  5. Dores de cabeça;
  6. Em mulheres ocasiona candidíases de repetição - que nunca curam totalmente;
  7. Fadiga frequente.

 

Como manter a flora intestinal saudável

Agora que você entendeu mais sobre a flora intestinal e sua importância, então já está mais que claro a importância de mantê-la saudável e equilibrada. Abaixo, separamos algumas pequenas dicas para te ajudar nessa missão:

Mantenha uma alimentação saudável

Como já abordamos, a flora intestinal se alimenta de determinados nutrientes, como a fibra! Ela é essencial para que as bactérias boas se proliferam e consiga realizar suas funções, protegendo o organismo em troca.

Legumes, vegetais e grãos são ricos em fibras, como a aveia, linhaça e feijão. Além de serem fontes de minerais, também são alimentos muito bons para a microbiota.

Cuidado com remédios - especialmente antibióticos

A principal função desse agente é matar microorganismos que estão em nosso organismo. Mas, infelizmente, ele não é seletivo e mata tanto as perigosas e que estão causando a doença, quanto as boas que protegem nosso intestino.

Por esse motivo, é tão arriscado tomar esses medicamentos por conta própria e sem a devida necessidade. Além de gerar bactérias resistentes a ele, ainda mata as que podem ajudar a combatê-las.

Procure alimentos probióticos 

Se você usou antibióticos ou passou por sintomas como diarreia recente, a sua microbiota está desequilibrada. Sendo assim, é preciso encontrar um repositor de flora intestinal e, por sorte, existem várias opções.

Os alimentos fermentados - como leite, iogurte, beterraba - passam por um processo onde é inserido uma colônia dessas bactérias. Quando ingeridos, eles ajudam a repor naturalmente a flora.

Porém, existe uma maneira de obter essas aliadas direto da fonte. A Kombucha e o Kefir, são compostas por colônias dessas bactérias vivas. Consumir os produtos finais dessa fermentação, ajuda a regular novamente a microbiota e ainda é fonte de diversos outros nutrientes.

Procure um repositor de flora natural certo

Além dessas opções, existe o probiótico de flora intestinal, que são produtos que contém os micro-organismos vivos.

Nós da Belt, temos o Probiotic: elaborado com as duas cepas mais conhecidas e atualmente em estudos pela ciência - a Bifidobacterium lactis e Lactobacillus acidophilus. Nossa recomendação de uso é uma cápsula ao dia, sem contra-indicações!

Lembrando que uma flora intestinal saudável, é capaz de ajudar toda a saúde: regulação de hormônios, absorção de nutrientes, combate a transtornos de humor como a depressão e fortalecimento do sistema imune. 

Não deixe sua saúde ficar em risco. Conheça agora mesmo o nosso produto e se surpreenda com o que ele pode fazer para sua flora intestinal!