Como manter a imunidade do seu filho em dia

Como manter a imunidade do seu filho em dia

Depois que se tem filhos, nunca mais existe um dia sem preocupação. Sempre vai ter algo que acontece e que te deixa com o “cabelo em pé”. Especialmente nos primeiros anos do seu pequeno, é comum algumas intercorrências acontecerem. Especialmente quando se fala em doenças infecciosas. 

Com um sistema de defesa ainda em formação, é comum que eles estejam mais suscetíveis a adoecimentos e outros problemas causados por microorganismos. Portanto, separamos algumas dicas de como aumentar a imunidade do seu filho e não ter tantos sustos. 

Como funciona o sistema imunológico da criança?

Nosso sistema imune é uma verdadeira maravilha da biologia. Ele é constituído por uma série de células, estruturas e órgãos, que têm a importante missão de proteger nosso corpo de invasores e criar memória para que infecções futuras não ocorram.

O timo, amígdalas e medula óssea, são os principais órgãos que essas células são produzidas. E existem diversos tipos delas no nosso arsenal de defesa. Parte dessa complexa estrutura, já é existente no nascimento da criança, como alguns tecidos de proteção.

Porém, grande parte das células de defesa, são constituídas e formadas conforme o seu crescimento. É por essa razão que os pequenos tendem a ficar tão resfriados e doentes, especialmente nos primeiros anos de vida. 

Portanto, não existe motivo de desespero para esse cenário. As crianças estão em fase de “maturação” dos seus sistemas de defesa. Mas se elas estão frequentes e em sequência, é importante consultar o pediatra ou o alergologista, para eliminar a possibilidade de uma imunodeficiência.

Como fortalecer a imunidade do meu filho?

Como vimos, o sistema imunológico ainda está em formação. Logo, como tudo nesse estágio, precisa de fortalecimento e apoio para que seja devidamente formado. Abaixo, listamos algumas das principais dicas de como aumentar a imunidade do seu filho, de forma simples e eficiente:

Proteja o seu filho e dê todas as vacinas

Desde bebê, a criança tem um calendário vacinal que a protege de diversas doenças graves - das quais algumas que geram sequelas graves ou até a morte, como a paralisia infantil e meningite. Elas são um “treinamento” para que o organismo produza as células responsáveis pela “memória de defesa”. 

Dessa forma, caso o pequeno tenha contato com aquele tipo de vírus, ele vai ter uma resposta imunológica imediata, eliminando a infecção e reduzindo consideravelmente as chances de desenvolver sintomas, ou sequelas graves. 

Deixe a criança ser criança

Alguns pais têm a falsa crença que impedir o pequeno de se sujar e se divertir no meio externo, é uma forma de proteção a eles. Porém, a realidade é oposta: estudos comprovam que crianças que são impedidas de curtir o ambiente externo e vivem em locais limpos em demasia, tem muito mais chances de desenvolver transtornos alérgicos.

Logo, para fortalecer a imunidade do seu filho o ideal é fazer o caminho oposto: deixe o pequeno ser criança, brincar na terra, se sujar e divertir. Além de ajudar na imunidade, é um importante hábito que fortalece também o aprendizado, socialização e saúde mental.

Além disso, brincar no mundo externo também estimula outro hábito essencial para o sistema imunológico: a prática de exercícios físicos. Se exercitar melhora o sono, aumenta a capacidade respiratória e combate o estresse físico, que ataca diretamente as defesas do corpo.

Evite dar remédios fortes a todo momento

Os populares antibióticos, que são receitados a todo momento para os pequenos, são um verdadeiro veneno para o fortalecimento imune do seu filho. Eles não matam apenas bactérias e microorganismos perigosos - também atacam estruturas importantes para a imunidade, como as bactérias presentes no intestino e que também atuam no sistema de defesa.

Portanto, antibióticos é só em casos graves e sob total recomendação médica. Nada de dar esses medicamentos de forma indiscriminada e sem orientação. Ao invés de ajudar, pode piorar ainda mais o cenário, além de ter o risco do pequeno desenvolver bactérias super resistentes a remédios.

Alimentação saudável e equilibrada

A alimentação é importante para todos - adultos e crianças. Mas, para essa tão delicada e importante fase, é algo que não pode ser negligenciado. Os nutrientes obtidos pela alimentação, ajudam a proteger seu filho das ameaças externas e estimulam o crescimento saudável.

Os principais nutrientes essenciais para imunidade do seu filho, são:

  • Vitamina A: ela é essencial para formação de tecidos importantes, como conjuntivos, pele e mucosas.
  • Vitamina B: essenciais para o crescimento muscular, produção de energia e fortalecimento das células de defesa.
  • Vitamina C: a C é reconhecida por sua relação com o sistema imunológico. Afinal, ela atua diretamente na produção dos linfócitos;
  • Vitamina D: o leite materno é rico no nutriente, além de ser conhecido como a vitamina do sol. Auxilia na manutenção das células imunes e também no fortalecimento ósseo;
  • Minerais: O zinco, selênio e cálcio participam de quase todas as funções biológicas, em especial no fortalecimento e crescimento saudável.

Essas dicas são essenciais para você manter a saúde do seu filho em dia e fortalecer suas defesas. E sabia que além da alimentação, você pode auxiliar a imunidade com suplementos feitos para as necessidades dos pequenos? É o caso da linha Belt Kids. Conheça o produto e ofereça o melhor para o seu pequeno.



Related Products