Quando desejamos perder peso, tudo o que mais sonhamos é ter um bom controle da saciedade. Mas, vamos falar a verdade? Na hora que bate aquela vontade de comer, é muito difícil tirar o foco da comida e agir de modo racional. E esse cenário pode se tornar ainda mais intenso quando estamos ansiosos e inquietos. 

Porém, o que poucos imaginam é que o nosso organismo conta com um hormônio próprio para essa finalidade a leptina. Ao ingerir os alimentos corretos, conseguimos estimular o corpo a liberar essa substância e, com isso, ter menos fome e mais bem-estar. Ou seja, é o truque de mestre para quem tem planos de controlar tudo o que come e, com isso, obter resultados físicos incríveis.

Gostou e quer saber mais? Neste post, vamos te contar quais são esses ingredientes, como a leptina age no organismo e, de quebra, mais alguns truques para conquistar bons resultados em seu processo de mudança. Vem!

Descubra qual é o hormônio da saciedade

Primeiramente, vamos falar sobre o hormônio da saciedade alimentar: a leptina. Fabricado nas células de gordura, esse componente atua diretamente no controle da fome. Logo, ele possui um papel essencial na composição do corpo humano. 

Uma vez produzida, essa substância leva informações para o hipotálamo parte do sistema nervoso central que se encarrega de liberar o efeito de saciedade.

Assim, quando os ingredientes adequados são ingeridos, assim como o número de calorias ideal para o funcionamento pleno do organismo, esse hormônio é liberado, fazendo com que o indivíduo se sinta satisfeito.

Dessa forma, a leptina possui um papel indispensável, como se fosse um verdadeiro “termostato”. Graças a ela, conseguimos evitar comer em excesso, ou então, sabemos exatamente quando o nosso corpo precisa de mais alimentos para se manter bem e saudável. 

Resistência à leptina

Acredite ou não: algumas pessoas possuem resistência à leptina. Nesse caso, o indivíduo tem dificuldade para emagrecer e, inclusive, pode ter mais facilidade em desenvolver uma série de doenças.

O cenário se dá da seguinte forma: o hormônio funciona incorretamente, fazendo com que o cérebro não receba o seu sinal. Como resultado, o corpo entende que está passando fome, mesmo nas situações em que há bastante energia acumulada. 

Juntas, essas características fazem com que o cérebro altere todo o seu comportamento para recuperar a gordura que, até então, acreditava estar em falta. Uma das consequências é que o metabolismo também fica mais lento, impedindo a queima adequada de gordura.

Para evitar esse quadro, é necessário apostar no acompanhamento clínico com um nutricionista ou médico capacitado. Também existem algumas práticas que podem ser seguidas no dia a dia, sendo elas: 

  • fugir das dietas restritivas demais; 
  • evitar o consumo de alimentos processados; 
  • comer muitas fibras para melhorar o desempenho do intestino; 
  • realizar atividades físicas regularmente; 
  • reduzir o consumo de carboidratos mas não cortá-los definitivamente;
  • diminuir a ingestão de açúcar refinado; 
  • ingerir mais proteínas.

 

Como ter um bom controle da fome e saciedade

O lado bom disso tudo? Existem vários alimentos que podem ser integrados em sua dieta para promover um maior controle da saciedade. Abaixo, separamos os principais para que você tenha uma boa variedade de opções no momento de elaborar um menu completo e delicioso. 

 

Gorduras "do bem" 

Diversos alimentos considerados gordurosos, podem sim, te ajudar a ter uma boa sensação de saciedade. Entre eles, está o bom e velho abacate. Rica em Ômega-3, essa fruta ajuda a diminuir a fome, além de combater muito bem a inflamação crônica. Assim, é possível estimular o hipotálamo a equilibrar o apetite e evitar que você cometa exageros ao longo da semana. 

 

Feijão branco 

Além de fazer parte de muitas receitas brasileiras, o feijão branco auxilia no processo de saciedade. Inclusive, esse ingrediente versátil contém uma boa concentração de L-dopa, a substância precursora da dopamina o neurotransmissor responsável por cuidar do nosso humor.

 

Peixes variados

Leves e suculentos, os peixes podem surgir em diferentes receitas, como é o caso dos assados, das pastinhas e até de algumas saladas. 

Nesses alimentos, podemos encontrar o triptofano uma substância ideal para elevar a produção e a liberação da serotonina no corpo, o neurotransmissor do prazer.

Ao ingeri-los, conseguimos ter uma grande sensação de tranquilidade e bem-estar. Além disso, o ingrediente ajuda e muito! no combate ao estresse, assim como, consegue diminuir a fome. 

 

Fibras

Não é de hoje que mencionamos a importância das fibras em uma alimentação balanceada. Presente em frutas, legumes, verduras e grãos, esse tipo de carboidrato promove uma absorção mais lenta de todos os nutrientes e, consequentemente, o indivíduo consegue sentir maior sensação de saciedade.

Aliás, existem vários produtos no mercado que apresentam boa concentração de fibras e podem ser integrados ao seu cardápio. 

Esse é o caso da Beltfull Cacau uma balinha mastigável saborosa e que ajuda no controle da fome. Rica em inulina e biomassa de banana verde, essa opção possui zero açúcar e é muito fácil de ser consumida. 

Para quem não sabe, a banana verde apresenta um índice glicêmico baixo e costuma ser usada para compor a alimentação de pessoas obesas, diabéticas ou celíacas, garantindo mais saciedade. 

O produto ainda conta com diversas vitaminas e minerais que são ótimos para suprir as carências do organismo e auxiliar o indivíduo a ter mais qualidade de vida. 

A indicação é consumir, em média, de 2 a 4 balas por dia. Entretanto, é sempre bom consultar o seu médico ou nutricionista para checar a dosagem ideal para o seu caso. Bora experimentar?

 

Após a leitura sobre o hormônio da fome e saciedade, esperamos que tenha ficado fácil entender mais sobre essa substância e como é possível utilizar a alimentação balanceada e saudável para conquistar esse efeito e garantir mais qualidade de vida. Não se esqueça! 

E se você gostou do post e acredita que essas informações foram valiosas, aproveite para compartilhar este link nas redes sociais e manter os seus contatos por dentro. Nos vemos em breve!