Uma vida sexual ativa traz diversos benefícios para a saúde. Porém, diversos fatores podem interferir e atrapalhar esse objetivo, principalmente em mulheres. Então, como ativar a libido feminina e driblar esse problema?

Aqui no nosso conteúdo, além de separarmos algumas dicas excelentes para te ajudar a reacender o desejo, vamos explicar brevemente porque a sua libido está baixa. Vamos lá?

O que pode diminuir a libido feminina:

Antes de iniciarmos, é importante ressaltar: não querer ter relações sexuais de vez em quando, faz parte e está tudo bem. Existem dias e dias, e cada pessoa possui uma libido diferente e isso é totalmente normal!

Porém, quando esse desinteresse se arrasta por um bom tempo, ao ponto de te incomodar e você não conseguir ter relações de nenhuma maneira, está na hora de acender o sinal de alerta!

Nossa libido está diretamente ligada ao nosso emocional e também a diversos fatores internos e externos. Abaixo, listamos alguns dos motivos que podem estar levando a esse problema:

  • Pílulas anticoncepcionais: a maioria delas é feita a partir da combinação dos dois hormônios femininos - progesterona e estrogênio. Elas impedem a ovulação, logo o pico desses hormônios não ocorrem, diminuindo o desejo sexual. Além disso, a testosterona também cai, o que diminui muito a libido feminina
  • Transtornos de humor: ansiedade, depressão e estresse crônico afetam diretamente nossa libido. Isso porque eles prejudicam a produção de neurotransmissores essenciais para a sensação de bem-estar e desejo. Além de também prejudicar a autoimagem e afetar na vida sexual.
  • Medicamentos: Além do anticoncepcional, outros medicamentos também afetam a libido feminina. Por exemplo os antidepressivos, que acabam atingindo o controle hormonal e inibindo esse desejo.

Porém, quando esse problema é persistente e está se agravando, é fundamental buscar ajuda médica. Ele vai pedir todos os exames, para identificar quais problemas possam estar causando esse efeito.

Tá, identifiquei que estou com esse problema. Como posso melhorar a libido feminina e ter uma vida sexual mais ativa e saudável?

Como ativar a libido feminina

Identificar o problema é o primeiro e importante passo para lidar com a falta de desejo feminino. Feito isso, está na hora de colocar algumas ações em prática.

Bons hábitos - como alimentação saudável e exercícios físicos - já são de praxe. Porém, é preciso reconhecer outras ótimas alternativas.

Pratique sempre exercícios físicos!

A prática de atividades é sempre um clichê. Porém, é um hábito essencial para quem deseja ter mais saúde e cuidar realmente do corpo e mente.

Para melhorar a libido feminina, a recomendação não pode ser diferente! A prática regular de exercícios, ajuda a regular os hormônios que combate o estresse e ansiedade - como a dopamina e serotonina.

Eles são responsáveis também pela sensação de prazer, felicidade e autoestima. Além disso, as atividades melhoram a disposição e auxiliam na lubrificação natural feminina, aumentando o prazer.

Alimentação balanceada sempre!

A alimentação pode ser a solução (ou a piora) de todos os nossos problemas. Afinal, ela quem vai afetar nosso organismo de dentro para fora.

Existem diversos alimentos para aumentar a libido feminina. Eles são conhecidos popularmente como “afrodisíacos”, pois, aumentam a circulação na região íntima e aumentam a produção hormonal que ativa o desejo feminino. Abaixo, separamos alguns deles:

  • Temperos fortes: pimenta, açafrão, manjericão. 
  • Gengibre;
  • Frutas ricas em vitaminas E e B, como o morango e o abacate.
  • Chocolate: importante frisar aqui que, quanto maior o teor de cacau e menor o de açúcar, mas afrodisíaco ele fica;
  • Peixes: ricos em ômega 3, eles são protetores das células cerebrais e ajudam na produção de dopamina;
  • Oleaginosas, como o amendoim: rico em vitamina E - essencial para produção dos hormônios sexuais.

Esses são alguns dos exemplos de alimentos que podem ajudar a aumentar a libido feminina. Lembre-se sempre de manter uma dieta saudável e procurar auxílio médico, para descartar problemas mais sérios!

Tome sol regularmente, nos horários permitidos

Normalmente, é recomendado tomar sol no início da manhã - até as 11 horas no inverno e as 10 no alto verão. E a tarde, após as 16 horas ou 17, no verão pelo índice de exposição aos raios de sol.

Isso porque, a vitamina D só é produzida pelo corpo através dessa exposição a radiação solar. Esse importante nutriente fortalece os ossos e aumenta a produção hormonal, combatendo sintomas de estresse, depressão e ansiedade.

Dessa maneira, os hormônios sexuais e ligados ao prazer, são facilmente produzidos, melhorando a autoestima e ativando o desejo sexual feminino. 

Mas, não se esqueça: protetor solar é recomendado sempre, independente da hora que for se expor ao sol, ok? Lembre-se que mesmo no período recomendado, a luz solar pode causar danos a sua pele.

Aposte na suplementação certa para você!

Se alimentar corretamente, com alimentos naturais e saudáveis, ainda é a melhor alternativa para manter sua saúde em dia e ativar sua libido.

Porém, nem sempre os alimentos serão capazes de repor os nutrientes que você precisa, para aumentar o desejo feminino

Por esse motivo, a suplementação é fortemente recomendada! Nós da Belt Nutrition, temos as formulas certas para você: Belt Rainbow com Maca PeruanaBelt Femme.

O Belt Rainbow com Maca Peruana, conta com a poderosa Maca Peruana. Seus poderes afrodisíacos são conhecidos há milênios, além de ser rica em sais minerais e vitaminas essenciais para a sua saúde e disposição sexual.

Já o Belt Femme, é um suplemento a base de Gogi berry, desenvolvido especialmente para aumentar a libido feminina. Fora isso, é um excelente suplemento para melhorar a saúde de cabelos, pele e unhas, além de fortalecer a imunidade.

E aí, o que está esperando para conhecer nossos produtos que vão transformar seu desejo sexual e aumentar a libido feminina?