Vencer os obstáculos exige muita disciplina, persistência e paciência. Ao longo da vida, nos deparamos muitas e muitas vezes com as dificuldades — especialmente, em se tratando de mudanças de hábitos tão enraizadas em nossa rotina.

Um de nossos clientes, Thiago, sabe muito bem disso. Desde jovem, ele enfrentou problemas com o peso e a alimentação — até encontrar força para driblar a situação e mudar completamente o seu lifestyle. E para inspirar outras pessoas a seguirem o mesmo exemplo, resolvemos compartilhar essa história inspiradora com os nossos leitores.

Ao acompanhá-la, temos certeza de que você terá mais ânimo para seguir em frente e jamais desistir. Os frutos colhidos serão recompensadores. Vamos saber mais sobre o seu Antes X Depois? Continue na leitura e fique por dentro dessa transformação!

A história estava só começando...

Desde a infância fui gordinho. Mas, na adolescência, isso começou a mudar por conta do futebol. E assim que entrei na faculdade, em 2003, a minha história com a obesidade começou. Na época, eu pesava, mais ou menos, 90 kg — peso este, que foi aumentando a cada semestre.

Essa mudança ocorreu por conta da minha má alimentação. Era um período que eu trabalhava e estudava e, por conta disso, optava por me alimentar somente de fast food. Ou seja, alimentos nada saudáveis, como lanches, salgados de lanchonete e doces.

É claro que não acabou por aí. Logo após a faculdade, comecei a cursar duas pós-graduações. Fato este, que resultou em um total de oito anos me alimentando de forma totalmente desregrada, além de sofrer muito com o tal do efeito sanfona.

A conscientização

No fim de 2016, não me enxergava tão acima do peso, apesar de estar apresentando 145 kgs — peso este, que já é considerado Obesidade Grau III, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Diante dessa situação, achei melhor começar a procurar uma ajuda médica.

A primeira vez que entendi a necessidade de mudar de vida, foi em um evento de corrida de kart, que participei com os amigos. Naquele dia, quase fiquei preso no banco do carro por conta do meu tamanho. 

Aquela situação me abalou muito, não apenas fisicamente, mas principalmente, o meu emocional. Vi o meu orgulho afetado, pois era uma pessoa muito ativa e que sempre gostou de realizar atividades físicas, mesmo estando fora do peso ideal naquele momento.

Daquele período em diante, passei a buscar informações sobre o meu quadro. Foi então que, em julho de 2017, iniciei todo o processo de preparação para a cirurgia bariátrica

Comecei a ir em consultas com nutricionistas, endocrinologistas, anestesistas e, até mesmo, psicólogos, para cuidar da minha saúde mental. Também procurei garantir que estava preparado para esse procedimento, realizando uma bateria de exames.

Uma mudança gradual

Após me consultar com uma equipe de especialistas, me foi passada uma meta de emagrecimento, que era em torno de 10%. Em outras palavras, eu precisaria perder 14 kgs e 500 g para dar o primeiro passo no meu processo de transformação. Então, comecei a colocar em prática a reeducação alimentar, bem como a volta da prática de exercícios físicos constantes.

A minha dieta não era restrita, pois aprendi que toda restrição excessiva gera uma compulsão. Se eu quisesse comer alimentos fora da dieta, eu poderia, apesar de saber que isso faria com que eu ficasse ainda mais longe do meu objetivo. 

O cardápio diário passou a ser mais regrado e eu também optei por consumir alimentos saudáveis, evitando os industrializados. Aos sábados, porém, eu me dava o direito de comer algo fora da dieta para não me restringir demais.

Enfim, a cirurgia bariátrica chegou

No meu primeiro retorno com o cirurgião, em novembro de 2017, eu já tinha alcançado a meta estipulada. No final de janeiro de 2018, consegui atingir a marca de 20 kgs eliminados, conquistando a liberação para o procedimento.

Em fevereiro realizei a cirurgia bariátrica, o Bypass Gástrico em Y, ou simplesmente, Bypass. Passei por quatro dietas restritas em meu pós-cirúrgico. Essa fase durou até o início de julho, quando o médico me autorizou a comer normalmente, desde que não cometesse exageros e começasse a realizar atividades físicas intensas.

Resumindo: iniciei o emagrecendo em julho de 2017, com 145 kgs. Sete meses antes da cirurgia, emagreci 20 kgs e, após o procedimento, eliminei mais 35 kgs, totalizando 55 kgs até agora.

Um hoje diferente

Ainda não estou no meu peso ideal, segundo o cirurgião bariátrico. Para ele, eu deveria pesar entre 80 e 85 kgs, sendo que me encontro com 90 kgs. Agora, no entanto, estou vivendo o processo de emagrecimento com mais calma, sem pressão ou neuras. Aos poucos, isso acontecerá naturalmente.

Fora a qualidade de vida e autoestima, tiveram outros pontos que melhoraram significativamente no meu pós-cirúrgico. Um exemplo, diz respeito a facilidade de comprar as roupas que eu gosto, pois, quando você está obeso não há muitas opções disponíveis — mesmo com o crescimento da moda plus size. 

O meu objetivo é diminuir o máximo de percentual de gordura corporal e ficar com um corpo mais definido. Isso tudo, de um jeito saudável e sempre mantendo a qualidade de vida.

Após a bariátrica, voltei a ter prazer em fazer exercícios físicos, como a musculação e as partidas de futebol. Também realizei duas meias maratonas: a Meia Maratona de São Paulo e a Meia Maratona de São Bernardo do Campo, sem contar as Corridas de Rua de 5, 6, 7, 10, 12, 14 e 15 km.

Atualmente, participo de grupos no WhatsApp, formados por pessoas que estão no processo pré-cirúrgico e aquelas que já viveram essa experiência. Com a troca de informações, somadas a minha mudança de lifestyle, ainda criei um perfil no Instagram — o Bariátricos que Treinam.

A ideia é incentivar e ajudar os bariátricos a praticarem exercícios físicos e seguirem uma rotina saudável. Hoje, somos mais de 25 mil integrantes na página, com pessoas de todas as regiões do Brasil e alguns membros da América do Sul, América Central, Ásia e Europa. É um esforço que vale a pena!

Viu só? O Antes X Depois do Thiago é, simplesmente, motivador. Agora que você já conheceu a sua história e determinação, que tal dar o seu primeiro passo? 

Acesse a loja virtual da Belt Nutrition e confira alguns suplementos que vão ajudar você a mudar de hábitos, tendo mais saúde, qualidade de vida, bem-estar e autoestima. Nos vemos lá!